fbpx
segunda-feira, setembro 16
O Auto da Compadecida

Entenda o clássico filme O Auto da Compadecida

Conheça a história dos amigos Chicó e João Grilo. Dois cabras da peste que se metem em muitas enrascadas enquanto tentam sobreviver à dura vida do sertão nordestino.
0
268

O filme O Auto da Compadecida é uma produção nacional de comédia dramática lançada há 19 anos atrás, em 2000. É uma adaptação da minissérie de mesmo nome, lançada em 1999.

Baseado na peça teatral Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna, escrita em 1955, que mistura elementos das obras O Santo e a Porca e Torturas de um Coração, também escritas pelo mesmo autor.

Foi o  filme brasileiro de maior bilheteria de 2000, visto por mais de dois milhões de espectadores.

As filmagens da obra aconteceram em 1999, em Cabaceiras, cidade que fica no interior da Paraíba, mas a história acontece em uma cidade chamada Taperoá. 

O enredo conta as histórias das aventuras de João Grilo e Chicó e também retrata com fidelidade o dia a dia dos nordestinos que lutam pela sobrevivência no sertão.  

O enredo do filme O Auto da Compadecida é divertido e sarcástico

João Grilo (Matheus Nachtergaele) e Chicó (Selton Mello) são amigos inseparáveis e retratam bem a realidade das pessoas que vivem no sertão nordestino. Eles são assolados pela fome e pela pobreza, e tentam sobreviver a qualquer custo em um ambiente hostil e de muita miséria. 

Os amigos precisam ser sempre inteligentes e malandros para contornar todos os problemas que enfrentam ao longo de sua jornada. 

João Grilo e Chicó - filme O Auto da Compadecida

João Grilo e Chicó em uma de suas andanças pelo sertão.

A dupla não apronta nenhuma de suas peripécias por mal, tudo o que eles fazem é para fugir da triste realidade em que estão inseridos. 

Certo dia, eles arrumam um emprego na padaria de Eurico, um homem maldoso que sempre é traído por sua esposa Dora. 

Seus patrões, Dora e Eurico, cuidam melhor de sua cadela de estimação do que dos funcionários. Enquanto oferecem comida estragada para Chicó e João Grilo, a cachorrinha como bife passado na manteiga. 

Esse fato causa uma certa revolta nos dois e então eles passam a procurar maneiras de enriquecer e fugir das constantes humilhações. 

Tudo começa a dar errado quando a cachorrinha morre 

Durante alguns meses, Dora tentou convencer o padre a benzer sua cachorrinha, mas ele não concordou. 

Quando a cadela morre, a bela senhora pede para Chicó e João Grilo irem atrás do padre para convencê-lo de benzer a cachorrinha e fazer seu enterro.

Os dois vão até o padre para conversar mas ele está firme em sua decisão de não fazer isso, pois acredita que tal ato seria uma blasfêmia. João, que não é bobo nem nada e está determinado a convencer o padre, diz a ele que a cachorrinha deixou um testamento que prometia dar dez conto de réis para o padre se ele realizasse o enterro em latim. 

João Grilo, Bispo e o Padre - filme O Auto da Compadecida

Personagens do filme o Auto da Compadecida. Da esquerda para direita: João Grilo, Bispo e o Padre.

Mediante esta proposta, o padre não consegue mais argumentar contra e topa realizar o bendito velório, o que ele não esperava, é que o bispo apareceria em meio a tudo isso.

O Bispo fica inconformado com o que está acontecendo ali: como pode um padre velar um cachorro em latim? Depois disso a história só começa a piorar e ficar ainda mais bizarra. 

Para acalmar o bispo, João Grilo inventa mais uma mentira, ele diz que na verdade o testamento prometia seis contos para a arquidiocese e quatro para a paróquia. Como já era de se esperar, o bispo se mostra corruptível e acaba deixando passar o velório.

O bando de Severino chega para amedrontar a todos

O velório já estava sendo uma verdadeira confusão, mas ele piora depois que o bando do cangaceiro Severino chega na cidade. 

O bando mata praticamente todas as pessoas que estão participando do evento. São executados o padre, o bispo, o padeiro e a mulher e o sacristão. 

Para fugir da morte, João Grilo e Chicó contam mais uma mentira: eles dizem as pessoas do bando que tinham uma gaita que foi benzida por Padrinho Padre Cícero que ela tem um poder especial e pode ressuscitar os mortos. 

Eles entregariam a gaita, se os cangeceiros deixassem-os vivos. Os bandidos não estavam muito convencido e o que resta para a dupla é fazer uma encenação.

Cangaceiro Severino - filme O Auto da Compadecida

O cangaceiro Severino e seu comparsa Cabra.

Chicó levava escondido em suas roupas, um saco de sangue e, quando João vai encenar uma facada no amigo, a bolsa se rompe. Todos passam a acreditar que Chicó está morto. É a deixa perfeita para João tocar a gaita e supostamente ressuscitar seu comparsa. 

Agora, Severino está convencido de que a gaita realmente funciona e então ele pede para que seu companheiro Cabra, lhe dê um tiro para que ele visite Padre Cícero, já que com depois ele ressuscitaria por conta da gaita. 

Cabra atira em Severino e depois de um tempo percebe que seu chefe jamais voltaria a vida. Sem medir esforços, ele mata João Grilo e foge.

Há um julgamento final no céu com participação do Diabo e de Nossa Senhora

João Grilo, Eurico, Dora, o padre, o bispo e Severino se encontram no céu para passarem pelo julgamento final. Estavam presentes no julgamento o Diabo e Jesus Cristo, mas João Grilo consegue a presença de Nossa Senhora para lhe ajudar. 

Nossa Senhora então, pede para seu filho Jesus, que ele mande Severino diretamente para o céu, porque ele não era responsável por seus atos, pois estava corrompido pelo sistema. 

Nossa Senhora e Jesus no filme O Auto da Compadecida

Nossa Senhora e Jesus Cristo se preparando para julgar os mortos.

Agora Eurico, Dora, o padre e o bispo devem ir para o purgatório, porque na hora de sua morte eles se redimiram de seus pecados e pediram perdão. 

O final de tudo isso é surpreendente, porque a Santa pede para que João Grilo volte a Terra. 

João Grilo ressuscita e ajuda Chicó a conquista seu maior sonho

Quando João Grilo volta à vida, encontra Chicó enterrando seu corpo em um lugar qualquer do sertão. Agora, juntos novamente, eles vão atrás de fazer Chicó se casar com Rosinha, um amor antigo. 

Chicó orando pela alma de João Grilo

Chicó orando pela alma de João Grilo depois que ele morreu.

Chicó orando pela alma de João Grilo depois que ele morreu.

Os dois vão direto atrás do pai da moça, para pedir a mão dela em casamento, mas quando o homem percebe que os dois não tem onde cair morto, ele se prepara para arrancar o couro de Chicó.

Rosinha e João Grilo entram no meio da briga dos dois e salvam Chicó, fazendo o pai de Rosinha honrar com a palavra de que não derramaria uma só gota de sangue de Chicó. Morais (pai de Rosinha) fica furioso e os três precisam fugir.

Jesus Cristo aparece novamente no final do filme O Auto da Compadecida

Enquanto eles caminhavam pela estrada, encontram um pobre andarilho negro que tinha traços que lembrava Jesus Cristo, ele estava faminto e lhes pediu um pouco de comida. 

Rosinha lhe entrega um pedaço de pão e ele agradece e vai embora. Diante disso, a moça tem a seguinte conclusão: “Jesus pode se disfarçar de mendigo para testar a bondade dos homens” e Chicó afirma que já conheceu um homem que tinha visto Jesus e que afirmou que ele parecia um andarilho e que era negro.

Depois dessa aparição eles vão embora sozinhos pela estrada enquanto João Grilo toca algumas canções em sua gaita.

O clássico filme O Auto da Compadecida completou 19 anos em 2019. Isso significa que ele está no ar há mais de uma década fazendo as pessoas sorrirem e se divertirem.

E se você ainda não assistiu o filme ou quer rever, é possível encontrá-lo no NOW, a plataforma on-demand da Claro NET

E se você gosta de cinema nacional, dá uma olhada no nosso texto sobre filmes infantis brasileiros.

Um clássico atemporal10
10
O filme O Auto da Compadecida é capaz de fazer uma crítica social ácida sem perder o humor. Eles mostram para população como é a realidade das pessoas que moram no sertão brasileiro e como a vida nem sempre é justa com esses moradores. O melhor de tudo é que as piadas que estão presentes no filme jamais perderão a graça. "Num sei, só sei que foi assim..."
Avaliações dos leitores: (0 Avaliações)0